quinta-feira, 8 de junho de 2017

Eu sou mais forte que eu.

Cap. 1
A origem da primavera.

A brisa leve que toca as folhas outrora gélidas também chega a mim, mas não com leveza. Bate forte em meu peito me fazendo sacudir o corpo todo até as pontas dos cabelos. A primavera é a primeira de muitas satisfações do ano. Tudo é muito azul e colorido. As pessoas se cumprimentam nas ruas e as crianças se divertem comendo melancia. O rosa do algodão doce é mais doce que qualquer outra época do ano. 

Cap. 2
Pelo amor de um homem.
Ela anda com a cabeça nas nuvens e já não pode mais ancorar em qualquer ilha. O homem chora a mágoa de um amor envelhecido, enquanto ela canta as rosas de um amor vivido. Para ela, o amor de um um homem é um prato cheio. Cheio de tédio e lágrimas ejaculadas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confabulatório.