domingo, 18 de junho de 2017

Espero de ti
belos poemas
esquecidos
guardados
como aquela meia velha perdida do seu par

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confabulatório.